Ecologicamente correto

ecVocê se aproxima do homem de óculos e fala:
– Com licença, eu faço parte do grupo de estudantes que está visitando a E&C. O senhor disse ontem que o Estudo de Impacto Ambiental foi mal feito. Por quê?
O homem de óculos para, olha para você e responde:
– Porque a equipe multidisciplinar com pessoas de diferentes áreas de estudo não foi formada corretamente, as amostras de água e solo não foram devidamente colhidas e analisadas, os estudos do local foram feitas às pressas. Enfim, tudo feito correndo e errado. Eu li esse estudo e o estou contestando, mas a E&C
– A E&C está trazendo empregos para a região! – esbraveja um homem moreno se metendo na conversa – O senhor está criando confusão de novo, professor Alex. Volte para sua universidade e nos deixe em paz. Isso aqui estava parado há muitos anos, muita gente sem emprego. Essa hidrelétrica vai trazer progresso para a região. Quem se importa com uns passarinhos e peixes que vão morrer com a represa? Sempre vai haver passarinho e peixe no mundo!
– Você não entende Rodrigo. Podemos perder espécies que só existem aqui. Além disso, vai ter um desequilíbrio ecológico que pode ter várias conseqüências ruins. Só para começar pelas características da região o alagamento da represa pode encher isso aqui de mosquito da dengue!
– Volte para sua universidade, professor!
O homem moreno vai embora furioso. O professor Alex suspira e volta a caminhar:
– Eles não entendem que tudo está ligado. Se mexer em uma coisa isso afeta a outra. O desmatamento na Amazônia agravou a seca no Sudeste. Rios cujas margens foram desmatadas para plantar cana ou eucalipto agravaram a seca lá e em outros locais. Represar o rio aqui vai afetar não só essa região como também outras regiões rio abaixo.


Esta escolha indica que você se interessou pelo VALOR ECOLOGICAMENTE CORRETO da Sustentabilidade. Baixe a PLANILHA e comece a preenchê-la de acordo com as instruções. Escolha uma dentre as opções abaixo; este idealismo será o combustível mobilizador do seu ativismo:

  • Frugalidade: age para que as pessoas possam ser felizes consumindo menos e evitando desperdícios. Propõe uma valorização mais do ser do que do ter e combate o consumismo.
  • Proteção: atua para proteger áreas ambientais como florestas, cerrado, nascentes de água. A sua esfera de ação também inclui áreas urbanas como parques, praças, lixões, rios que correm o perímetro urbano etc.

O professor Alex se vira então para você:
– Desculpe, eu estava falando sozinho novamente. Eu estou indo para o rio colher amostras para fazer outro estudo e reforçar minha contestação ao RIMA entregue pela E&C. Você gostaria de me acompanhar?
Antes que você possa responder, o telefone celular do professor toca. Ele atende, conversa um pouco ao telefone, desliga e se vira novamente para você:
– Faço parte da ONG Muiraquitã, de defesa do meio ambiente, e alguns membros estão promovendo um ato de protesto daqui a pouco. Eles vão se acorrentar às árvores que deverão ser derrubadas hoje na floresta pelos homens da construtora contratada pela E&C e me convidaram a me unir a eles. Só que eu não sei o que fazer. Se quiser ir comigo, o que prefere?


Colher as amostras no rio OU Ir para o protesto


Alex é Biólogo e se dedica a estudos ambientais, sobretudo represamentos mal planejados que não apenas afetam a diversidade com perda de espécies como também podem favorecer o aparecimento de doenças como a dengue. Além disso, também se preocupa com a importância das diferentes partes que compõe um ecossistema representado pelos diferentes componentes da crise hídrica no Sudeste; reforço das questões de saúde que devem ser devidamente consideradas em um EIA; introdução a uma pesquisa científica com referência à coleta de amostras e análises; problema dos caçadores ilegais; importância de pesquisas científicas para políticas públicas; alerta sobre o risco de perda de espécies com represas e medidas para preservá-las; proteção ecológica X direito de uso de propriedade privada. Faz uso das redes sociais para denúncias e pressão política.